Sentimento Crônico

Cheio de prosa! Poesia, vide verso!

Áudios

Desperdiçando versos
Data: 22/06/2010
Créditos:
"Desperdiçando versos"; de Obed de Faria Junior.
Gravação, edição e locução do próprio autor.
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Obed de Faria Jr e o site: obed.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Desperdiçando versos
 
Peguei-me, de novo, na intenção de versejar para ti.
Ao ver-me só, notei-me frágil e tão sentido...
E vi que o amor me fez patético – e sem sentido!
E o verso, assim, seria um desperdício.
Pensar em ti é uma imolação que não purifica,
que não consagra, que não purga nem redime.
É um ritual de autoflagelo já reprisado tantas vezes
que há muito deixou de ser sagrado.
É mera liturgia condicionada, insana e vazia.
De repente, notei que meu coração
tornou-se um altar de vãs adorações,
por onde desfilaram divindades indignas disso
e que se sucederam a cada pretexto de desencanto.
E tu foste importante e valiosa,
mesmo sendo mais uma delas!                 

Mas, agora, pouco importa quem sejas tu,
porque o que fica é sempre esse altar vazio
em que só a desilusão se aloja
escarnecendo do que foi o sonho.
Por que, então, rabiscar um verso?
Por que, então, arriscar o verbo?
Ora! Porque o poema não é mais para ti.
O que cultuo são os restos de mim.
Quem ama a si mesmo jamais se abandona.
Para quem já perdeu quase tudo,
de consolo, resta sempre a esperança.
Para mim, que até a esperança já perdi,
restou somente a poesia.
Desperdiço versos para não desperdiçar a mim! 

                                             .oOo.                                     
Enviado por Obed de Faria Junior em 22/06/2010

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Obed de Faria Jr e o site: obed.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras